Cobra engolindo cobra literalmente.

Ophidia



Filo: Chordata

Classe: Reptilia

Ordem: Squamata

Família: Elapidae

Comprimento: até 6 m

Ataca o homem

Como a maioria das serpentes de sua espécie, a cobra-rei vive na Índia. É fácil distingui-la das serpentes aparentadas, especialmente da naja indiana, pelo seu porte avantajado. É a maior cobra venenosa. Seu veneno é tão mortal que uma mordida pode derrubar um tigre ou mesmo um elefante.

A cobra-rei sempre foi importante na mitologia do Extremo Oriente. Tem sido usada como modelo em pequenas estátuas, joalheria e decoração. Ainda prevalece na Birmânia um estranho costuma. uma jovem pára em frente da serpente e oferece-lhe leite em uma tigela. Se a cobra avançar, ela deve beijá-la na cabeça.

A cobra-rei alimenta-se principalmente de outras cobras, desde a cobra-de-capim até uma pequena píton. Antes do acasalamento, macho e fêmea executam uma espécie de dança nupcial, na qual se enfrentam com as cabeças erguidas. Elas vivem aos pares, fato raro entre as cobras. Na época da postura, a fêmea prepara um ninho de folhas, capim e galhinhos. É perigoso chegar perto do ninho nessa ocasião porque o macho está sempre de guarda.

Fonte: Da Redação