publicado em 08/01/2012 às 13h40

Peixe imita polvo para se proteger de predadores.

Comportamento


Na natureza, o jogo de esconde-esconde pode significar a diferença entre a vida e a morte. No mar da Indonésia, pesquisadores conseguiram gravar uma rede de imitações que completou um ciclo: um peixe (Stalix cf. histrio) se escondeu em um polvo (Thaumoctopus mimicus), conhecido como polvo-mímico, que, por sua vez, costuma tomar a forma de outros peixes.

A interação entre o peixe e o polvo foi flagrada em um mergulho realizado em julho do ano passado por Godehard Kopp, da Universidade de Gottingen. O peixe conseguiu ficar com as cores semelhantes às do polvo e se escondeu entre os tentáculos, imitando até mesmo seus movimentos.

De acordo com Rich Ross e Luiz Rocha, da Academia de Ciências da Califórnia, que viram o vídeo, esta interação ainda não tinha sido filmada antes. A proteção que o pequeno peixe ganhou ao ficar ao lado do polvo é chamada de ?mimetismo oportunista?.

- Este é um caso único ? disse Luiz Rocha. ? Infelizmente, os recifes na área estão rapidamente desaparecendo, principalmente devido a atividades humanas. Poderemos perder espécies envolvidas em interações únicas como esta antes mesmo de conhecê-las.

O polvo-mímico tem este nome por causa da sua capacidade de imitar outras espécies marinhas, inclusive peixes. Ele foi descrito há 14 anos por cientistas.

Fonte: Yahoo Notícias