Crueldade sem limite até que ponto chega o homem?

Um dia a natureza mostrara seu poder.


O ser humano se autodenomina em uma classe diferente dos animais, independente de filogenia, mas num parâmetro de "animal racional"; e existem mil argumentos nesse sentido. Não busco uma discussão sobre isso, apenas compreender certas coisas.

Que animal destrói o seu próprio habitat conscientemente? Que espécie errante é essa que prolifera desordenadamente a ponto de esgotar seus suprimentos? Que animal racional se dividi em milhões de diferentes facções, tribos, grupos..., em eterno conflito, matando-se mutuamente?... e com o crescimento dessa violência, se sentem bem dentro de suas gaiolas cheias de chaves. As perspectivas de futuro?

Autor: Rafael Junger

Fonte: PETA